Pitacos Fashion

Pitacos sobre moda, arte, cultura e muitas outras coisas. Welcome!

Subscribe to Pitacos Fashion Add to Technorati Favorites Add to Del.icio.us Favorites
nov 03

Hoje, a trabalho, fui fazer uma visita à equipe do Pedro Lourenço. Pela fama e competência do cara, eu poderia muito bem esperar que sua equipe fosse daquelas que te tratam como se tivessem uma família real inteira na barriga. Mas não. Posso dizer que foi um dos clientes que eu fui mais bem tratada, em que eu mais me senti bem. Só mais uma prova neste mundo insano que somos todos iguais. E que humildade faz parte do pacote TALENTO!

E aaaah! Eu vi váááários croquis da coleção Inverno 2012 dele. Mas não vou dar spoiler fashion aqui, morram de curiosidade! kkkk O máximo que posso adiantar é que está, obviamente, linda!

Escrito por Dani Argibay em 3 novembro, 2011 | Tags: , , ,

jul 26

 

Ela é bonita, talentosa, simpática, de bem com a vida e musa do horário nobre vivendo a garota fitness Alice, que tem uma vida amorosa conturbada.

Paloma Bernardi está ganhando a cada dia mais destaque na mídia!! E só dá ela…

Fiz questão de fazer um post sobre ela aqui no blog, porque estudamos juntas na Faculdade de Rádio e Tv e vejo seu crescimento de pertinho!!O mais legal é que ela não mudou! Continua sendo um doce, carismática e atenciosa.

Por isso, fiz um bate papo para saber mais segredinhos de beleza e curiosidades de sua vida!!E ela me surpreendeu com dicas valiosas de estilo!!Espero que gostem…

 BATE PAPO PITACOS COM PALOMA BERNARDI

PF) Como você define seu estilo? Acha que mudou sua forma de vestir desde que ingressou na televisão?

PB) Bom, eu não tenho um estilo específico. Arrumo-me de acordo com a ocasião, de acordo com meu estado de espírito, de acordo com o dia! Vou da despojada ao Black Tie.Obviamente que depois de me tornar uma pessoa conhecida, comecei a ser mais vaidosa… Comecei a me ligar mais no mundo da moda, observar tendências, escolher o que gosto e decidir o que fica bom no meu corpo, me descobrir uma mulher mais ousada ao me vestir, enfim, sei que nós artistas somos exemplos e muitas pessoas se inspiram em nós. Por isso procuro sempre acertar.

 PF) Para interpretar Alice em Insensato Coração você fez algumas modificações de estilo, como cabelo, corpo e roupas mais esportivas. Em sua opinião, qual é a importância do figurino para a construção dos seus personagens? Você opina e dá sugestões aos figurinistas?

PB) A Alice é totalmente fitness.Com certeza eu busquei mudanças no meu dia- a- dia, na minha alimentação, no meu corpo (comecei a fazer musculação) para encontrar a personagem dentro de mim. Comecei a explorar as roupas específicas de malhação. Antes me sentia muito exposta, pois a maioria é muito justinha, mas fui aprendendo a encontrar o que ficasse melhor no meu corpo e descobrir o que a Alice usaria ou não. O figurino tem a sua importância para compor um personagem. Como se fosse a cereja do bolo… o toque final! E dependendo do figurino a importância dele é tão grande que dá o peso necessário para o personagem. Ex: novela de época. Todo trabalho é feito por uma equipe muito grande.E eu troco figurinhas com as figurinistas sim para chegarmos ao melhor resultado!! 

 PF) Com o ritmo alucinado das gravações da novela, como você encontra  tempo para se cuidar e até fazer seus rituais de beleza?

PB) Tempo é o que nos falta! Temos que conciliar a agenda da Alice com a da Paloma.É uma loucura, mas uma loucura que amo viver!!

Todo fim de semana recebo meu roteiro e vou encaixando minha musculação, salão, trabalhos extras e lazer. Sou feliz assim! :)

PF) Você é famosa pelo seus lindos cabelos cacheados. Você tem algum cuidado específico com eles?

 PB) Como sempre tive cabelão, bem cacheado, desde pequena já cuidava do meu cabelo com muito carinho! Então procuro lavar meus cabelos com shampoo e condicionador para cabelos cacheados (Hidramax – Elseve) e em 15 em 15 dias vou ao salão para fazer uma hidratação profunda para dar leveza, maciez, brilho, volume e redução de resíduos.

 PF) Você se interessa pelo mundo da moda? Como ela te influencia?

PB) Confesso que só comecei a desvendar esse universo agora, pois senti que dentro da minha carreira seria importante eu ter conhecimento do que a moda está oferecendo nacionalmente e internacionalmente. A moda me influencia de uma forma tranquila… Não me vejo na obrigação de usar o que todos estão usando. Como disse antes, procuro apreciar o trabalho fashion, que é uma arte que tem seu total valor e vejo dentro das tendências o que mais combina comigo e o que fica bacana no meu corpo. Porque não adianta querer usar, por exemplo, uma calça X que esta super em alta se no meu quadril fica horrível…

Paloma com Renatta Gomes

 PF) Quem escolhe suas roupas para os eventos e premiações?Você possui um personal stylist? Se tem, qual a importância que você dá para este profissional?

PB) Bom, eu sou uma pessoa muito indecisa na hora de escolher uma roupa para eventos e etc. Então conto com a ajuda de uma equipe que trabalha comigo. Eles me orientam o que é “in”, o que é “out”. Me dão toques, enfim, me mostram muitas vezes aquilo que eu não vejo. Acho importante ter um personal stylist. Ele esta 24 horas pensando em moda e vai saber me orientar o que usar em cada ocasião específica, obviamente de acordo com o meu gosto.Conto com a Debora Rocha, minha Agente, Kathia Natalie minha assessora, André Florindo e Sergio Baia meus consultores de moda/estilo e muitas vezes corro para saber a opinião de uma grande amiga estilista Renatta Gomes.Tô muito bem servida! :) 

 
PF) Estudamos juntas na faculdade de Rádio e Tv.O que você leva da sua formação de radialista para seu trabalho de atriz?
 

PB) Com certeza minha formação de radialista reflete no meu trabalho de atriz. Meu intuito de fazer Radio e Tv sempre foi para ter um aprendizado amplo dos bastidores da tv, cinema, rádio e teatro e hoje poder usar todo esse conhecimento a meu favor na frente das câmeras. Eu sei exatamente o trabalho árduo da produção, sei o que o iluminador me pede em cena, sei algumas coordenadas de direção, assim podendo ajudá-los em marcações e etc…Quem vê o ator na televisão não imagina a grande equipe que está por trás para fazer aquele programa, filme ou novela acontecer. É uma fábrica de sonhos…

Eu fico feliz de estar em sintonia com esse universo de um modo geral!Com essa base posso também produzir meus próprios projetos. Coloco a mão na massa e para fazer as coisas acontecerem!Tenho como exemplo a administração do meu Espaço Cultural Amarte, onde coloco essa minha segunda profissão em prática, realizando Saraus, Espetáculos de dança e teatro e etc.

 PF) Você tem um blog onde expõe seu trabalho e um pouco da sua vida. Qual a relação que você tem com ele?

PB) Fiz o blog, justamente para ficar mais próxima dos meus fãs.Para poder acompanhar o carinho e reconhecimento de todos e também para poder retribuir de alguma forma! ADORO ler os recadinhos e na medida do possível vou respondendo!Ali posso mostrar a minha verdade, posso dividir os meus trabalhos, posso matar a curiosidade do povo em relação a minha vida pessoal, obviamente mantendo a minha privacidade… Enfim, ali sou EU o tempo todo! Ali ninguém fala por mim ou inventam história a meu respeito! Ali o papo é direto comigo, respeito os meus fãs! :)

 PF) E por fim, o que não pode ficar fora do seu guarda-roupa?Tem algum desejo Fashion?

PB) Vestidinhos para todas as estações do ano!!Amo vestido em todos os sentidos…para todas as ocasiões!Hummmmm, desejo fashion…Olha, confesso que na minha vida sou mais básica…Mas quem sabe uma personagem totalmente fashion ….Seria um desafio para mim….pronto, esse é meu desejo! rsrsrs… *

 

Essa menina vai longe!!!Ela tem seu estilo próprio e não se vende por qualquer imagem.Veja seus looks e tendências…

ESTILO PALOMA  

 

 Você pode conferir abaixo um vídeo com a Paloma falando sobre visão de beleza!!!Vale a pena para refletir!!!


Obrigada Paloma por ter sido tão atenciosa e super solícita!!!

Um grande beijo e como sempre espero que tenham gostado

Giovana :)

Fotos: Google Images e palomabernardioficial e bloglog Paloma Bernardi

Escrito por Gi Menni em 26 julho, 2011 | Tags: , ,

jul 18

Se tem uma coisa que gosto de ver nos blogs é o estilo das celebrities. A questão é que, aqui em Brasília, nossas celebrities são os políticos que por aqui trabalham!

E se tem uma parlamentar de quem eu curto o estilo é a Manuela D’Ávila. Ela consegue imprimir sua imagem doce e marcante, por meio de produções discretas e femininas.

Manu começou sua vida política em 1999, fazendo parte do movimento estudantil. Em 2004, tornou-se a mais jovem vereadora de Porto Alegre e, em 2006, foi eleita a deputada federal mais votada pelo RS. Agora, exerce seu segundo mandato como a deputada federal mais votada do Brasil.

Tive a oportunidade de realizar uma entrevista com ela e falamos sobre moda, estilo, política e comportamento.

PF) Você tem um blog – Bola de Meia Bola de Gude (que, inclusive, “superindico” a leitura), que, como você mesma diz: “é o seu espaço de declarar o amor e a dor, a presença e a ausência.” Como é a sua relação com blogs? Digo: têm aqueles blogs que fazem parte da sua leitura diária? Curte algum blog de moda?

MD) Meu blog é meu espaço pessoal, é onde publico coisas que não são política (embora seja impossível não falar dela sempre!). E tem muito blog bacana por aí. Sempre que posso leio alguns e eles são super aleatórios, cada um de um tema diferente. Sigo alguns perfis relacionados à moda em meu twitter e recebo algumas news também. Curto um blog gaúcho chamado lookmelissa.

PF) Como é a sua relação com a moda? Gosta? Acompanha as semanas de moda?

MD) Gosto bastante de moda! Por estar sempre viajando, acabo acompanhando muito mais por blogs, revistas e programas de TV. E, infelizmente, eu não levo muito jeito para seguir as tendências.

PF) Quanto você acha que sua imagem influencia seu trabalho?

MD) Na política somos muito mais conteúdo do que forma. Mas a imagem também é importante, óbvio. Para mim, a gente tem o estilo daquilo que é. Minha vida corrida, super dinâmica não permite o uso de determinadas peças, por exemplo. Ao mesmo tempo pede o uso de outras. Isso também é ter estilo. Seria ridículo insistir em usar salto – porque dizem estar na moda – se sei que meu dia de trabalho tem 16 horas!

PF) A moda tem recebido grande investimento no Brasil e trazido resultados em diferentes frentes, principalmente a econômica. Que futuro prevê para esse mercado, que está em ascensão?

MD) Acredito muito no talento e na criatividade do brasileiro. Temos estilistas que já são consagrados fora do país e nossa moda, aos poucos, começa a ser reconhecida pelas marcas que nos caracterizam. Mas ainda há muito a ser conquistado. Já deixamos de acreditar que o bom é que vem de fora. Precisamos convencer as pessoas de que a moda não está ligada ao estilismo e envolve uma grande cadeia produtiva que vai desde a criação, passa pela tecelagem, pesquisas, grandes eventos e marketing. São milhões de empregos diretos e indiretos e uma participação significativa no PIB do país (quase 5%).Outro fator importante é que o Brasil está se preparando para o mercado, investindo em formação (são mais de 80 escolas de moda) e capacitação. E já vemos no Congresso representantes do setor trabalhando e buscando envolver o governo no desenvolvimento do setor. O potencial é imenso.

PF) O post de 05.05.2011 do seu blog (leia a íntegra do post aqui) relata que você foi impedida de entrar no Supremo Tribunal Federal – STF, por não estar vestida formalmente. Faltava o blazer, lembrando que você vestia um casaco de mangas compridas e que poderia fazer facilmente as vezes da peça ausente. A que atribui o fato de certas formalidades de indumentária pararem no tempo, em vez de acompanharem sua evolução?

MD) Acho que o Brasil evoluiu em muitos aspectos, mas segue estagnado em outros. É absurdo que a seriedade de alguém seja medida pela roupa que veste. Espero que a gente avance nisso não apenas por esse episódio que aconteceu comigo, mas por tantas mulheres que devem ter sido barradas pelo mesmo motivo. Avançamos em ideias e debates e escorregamos em trajes… Esse não é o país que queremos. E mais, quem disse que o blazer é formal para mulher?!

PF) O que acha da frase: “Ninguém tem uma segunda chance de causar uma primeira boa impressão”. Concorda? Ou acredita que existe a segunda chance?

MD) Acho que uma boa primeira impressão conta muito! Mas, para isso, ela não pode ser superficial, pois somos um país de muitos preconceitos. E a mulher, principalmente, sofre muito com isso. Por isso digo que a primeira impressão, se for bem embasada, conta muito.


PF) Uma mulher cujo estilo você admira.

MD) Admiro mulheres que sabem ser básicas. A Michele Obama é um bom exemplo disso (e aqui não há nenhum vínculo político).

PF) Qual a peça coringa do seu guarda-roupa? Aquela que você não vive sem…

MDVestidos.

 

PF) Uma fraqueza fashion

MD) Sapatos baixos e esmaltes.

PF) Não sai de casa sem…

MD) Relógio.

Quero agradecer à deputada Manuela por ter sido solícita e à Flávia, assessora de imprensa, que foi uma querida, fazendo a ponte e tornando possível esta entrevista.

beijos,

Lili.

Revisão de texto: Marina Vasconcelos

Contato:marinavasconcelos0@gmail.com

Créditos das fotos: assessoria de imprensa da parlamentar e Google images

Escrito por Lili de Deus em 18 julho, 2011 | Tags: , ,

jul 07

O lixo para um, é o luxo para outro, já diz o ditado.

E nada melhor que um Brechó para exercitar este tema.

Nestes ambientes pode-se  trabalhar a criatividade, o desapego e realmente aplicar o consumo consciente.

Não a nada mais legal que achar aquela peça incrível e exclusiva! E com uma super vantagem: a um preço convidativo!!!

Ainda encontro muita gente com medo de entrar e explorar um bom brechó. O preconceito do que foi descartado faz com que estes lugares sejam muitas vezes esquecidos. Mas temos que entender que roupa usada não é necessariamente roupa velha!! Muitos estabelecimentos vendem peças semi usadas ou até com a etiqueta original! Além disso, o hábito do consumo de reutilização é muito comum em outros países.

A moda é muito cíclica e é mesmo difícil e desnecessário ficar trocando de guarda-roupa a cada estação. Porque então não achar uma peça que pode ser uma releitura de alguma tendência, ou comprar produtos que de verdade tenham a ver com sua personalidade? É se tornar exclusiva, fazer a SUA moda!!! E se reinventar…

Mas é preciso algumas regrinhas para que sua visita seja mais proveitosa !! Por isso criei um manual de acordo com minhas experiências de compras!! (adoooro comprar em brechó!! rsrsrs)

Manual do Brechó

- Vá de mente aberta: comprar em brechó  é imprevisível, por isso não coloque metas na cabeça, é difícil concretizá-las


 

 

 

- Tenha paciência e sem pressa: você pode passar horas entre araras procurando um bom negócio

 

 

 



  

– Tenha disposição para pesquisar: não tem outra maneira a não ser fuçar cabide por cabide!!

 

 

 

 

  

- Use sua criatividade: dá para mudar uma peça comum em algo diferente

 

 

 

 

 

– Converse com o gerente do estabelecimento para saber quando é reposto os produtos: você descobre o melhor dia para suas compras

 

 

 

 

 

- Feita a escolha de roupas e acessórios, verifique todas as peças e experimente para ver se está em condições boas de uso: Inspecione todos os zíperes, botões, se tem furinhos, etc.

 

 

 

 

 

- Se achou uma peça incrível mas não é do seu tamanho, vale a pena fazer uma reforma: Preste atenção no custo x benefício

 

 

 

 

 

- E divirta-se!!! Pode apostar que dá para achar tesouros perdidos!!!

 

 

 

 

 

 Atualmente temos uma infinidade de brechós que vai desde aquele  lojinha pequena de bairro até as online!! É só procurar!!

Aliás um grande colaborador do nosso blog, o Maicol Oliveira, vai se casar e uma das madrinhas lançou um brechó online para ajudá-lo a angariar fundos para o casório. O site é o Brechó Casamenteiro, vale o click pois tem coisas muito legais além de roupas,  novinhas em folha!!

Muito legal, né??

Espero que tenham gostado das dicas!!!

Até a próxima!!

Giovana

Escrito por Gi Menni em 7 julho, 2011 | Tags: ,

jun 28

E então chegou meu tão querido inverno! Pelo menos aqui em São Paulo tá fazendo um frio de quase dar inveja à Europa… Rá! E aí, TODAS USA casacos, cachecóis, botas… Botas!

É engraçado como a gente vê a moda na TV e nas revistas e já sai imitando. E isso não é errado, é até bom ter referências. Mas o melhor mesmo é se conhecer. Teoricamente, nem todo mundo pode usar botas à mostra. Quem tem muito quadril ou é baixinha, por exemplo. Eu me encaixo no primeiro caso e confesso que não fico feliz… O ideal é encontrar soluções de equilíbrio. Até porque nossa proposta de pitacar aqui é te dar exemplos práticos e nem todo mundo consegue ou tem tempo de ficar se analisando e procurando defeitos. Ou não consegue reconhecer, mesmo. Um fato engraçado no curso de Consultoria era que todo mundo adorava aquilo que, teoricamente, não favorecia sua imagem! Ou seja, fiquem tranquilas porque estamos aqui pra te dar as dicas práticas! Vamos lá!

¿ Primeiro de tudo, procure usar botas do mesmo tom da calça, saia ou shorts para dar a sensação de alongar a silhueta e não chamar tanto a atenção para quadris, nem te deixar (mais) baixinha e nem causar confusão no seu look. Dê aquela passadinha básica em frente ao espelho e se analise antes de sair de casa. Lembre-se de equilibrar a silhueta, ou seja, se achar que está muito, veja se algum adorno na parte superior funciona (pachiminas e lenços são uma boa opção!)

¿ Sempre que usar botas por fora da calça, que estas sejam skinnys, leggings ou montaria, que são modelagens mais justinhas. Neste caso, ficam mais elegantes modelos de botas sem salto. Outros modelos de calça para essa situação, além de ficarem afofanhadas e feias, seus excessos empolam nas canelas e incomodam. Ou seja, é uma questão de conforto, acima de tudo. Para complementar o look, use com blusas ou casacos mais compridinhos, cobrindo o quadril e não parecer super vulgar.

¿ Quando usar botas com saias curtas ou shorts, brinque com meias! Além de te deixar mais quentinha, se forem da mesma cor da bota, darão o mesmo efeito de alongar. Eu acho que paras essas opções, ficam mais legais as ankle boots, com ou sem salto.

¿ Super está usando saia longa! E fica legal com todos os modelos de bota, com ou sem salto. Até para as baixinhas, se a saia praticamente cobrir as botas! (mostre-as quando sentar-se!)

¿ Se gosta de botas de cano longo, a dica é que quanto mais próximo dos joelhos o cano chegar, melhor! Mas prefira usar esse modelo com calças para não parecer uma paquita, por favor!

Ontem, o Site Chic também publicou algumas dicas sobre botas, focando nos modelos mais emin/em da temporada, clica lá! E se ainda tiverem dúvidas, nos escrevam! Queremos ouvir seus pitacos e pitacar de volta!

 

* O título do post é o mesmo da música da Nancy Sinatra. É muito legal, super vale o click! ;-)

Nancy Sinatra – These Boots Are Made For Walkin’

Dani Argibay

Escrito por Dani Argibay em 28 junho, 2011 | Tags: , , ,

jun 14

Aí que teve show da banda mais incrível do Universo (eu acho!) transmitido ao vivo pela internet diretamente de Munique, Alemanha! E eu, como fã de carteirinha do Bon Jovi, corri grudar na tela do PC para apreciar os caras. E me deparo com isso:

Este é o Jon. Até minha mãe acha ele lindo! Mesmo fantasiado de paquito… Ou de Príncipe William, como andei lendo no Twitter… Mesmo estando estiloso, diferente do comum e lindo (pra variar), prefiro ele normal. Ou seja, dentro de seu estilo próprio, moderno e sexy, com sua tatoo do Superman a mostra. (pausa para o suspiro — Ai, ai…) Foi bom variar. E bora se preparar pro SPFW que já começou! =P

Escrito por Dani Argibay em 14 junho, 2011 | Tags: , ,

mai 25

E quando a gente pensa que  Lady Kate já nos surpreendeu o suficiente usando ZARA, lá vem ela para mostrar que definitivamente elegância não está associada a preço. No encontro do casal real britânico com o presidente dos EUA e sua digníssima senhoura, Kate aparece deslumbrantemente LINDA (e mais magra ainda!) com um vestido de 175 libras que tem valor aproximado de R$ 450,00.

De onde é o vestido? http://www.reissonline.com.br.

*clique na foto para ampliar

 

Isso mesmo! A notícia foi divulgada pelo Daily Mail que ainda noticiou que devido ao alto número de acessos (muheres a beira de um ataque de nervos!) o site teve problemas durante todo o dia.

Acho que o próximo passo de Kate será começar a fazer uso dos sites de compra coletiva, hahah. Será?

Bjos,

Lili

 

Escrito por Lili de Deus em 25 maio, 2011 | Tags: ,

mai 10

Esses dias andei pensando no consumismo no mercado de moda. Afinal, tenho passado por uma experiência no varejo e me impressiona ver a reação das pessoas frente a certos produtos e situações. E como é mesmo o impulso que fala mais alto.

À exemplo disso é a época de liquidações. E todo ano tem na TV e na internet aquele ‘manual’ para você acertar nas compras sem desperdício. Porém, assim que entra a nova coleção, vem o convite do coquetel de lançamento e lá vai as consumidoras correndo por uma exclusividade. Mas até onde se vai por um peça que não é tão única assim? Claro, porque as grifes querem vender. E, se elas ainda não são uma Chanel da vida, elas não vão fazer tanta questão da exclusividade, só o vendedor vai te convencer disso. E quando se trata de pele? Tudo bem vender uma só peça, o valor dela é alto. E o da vida do bichinho que ‘cedeu’ essa pele também!

E o fast fashion? Bom, é isso que te faz tentar passear pelo shopping num sábado à noite e ver uma tonelada de garotas vestidas de micro shorts, corselet e scarpin qualquercorshocking e os garotos de jeans, camisa xadrez marca X e o cabelo do Justin Bibier. Estilo deveria ser matéria obrigatória nas escolas do século XXI. Bom, pelo menos eu já sei que esse é mais um ponto à acrescentar na educação dos meus filhos.

Mas é exatamente isso o que o fast fashion faz: você tem o estilo que a novela mostra e eles vendem. E geram a pirataria, aqueles kilos de peças de grifes fakes encontradas por aí. Mas estilo é uma coisa e moda é outra! Como disse Dudu Bertholini no ModaCamp: ‘Estilo é extensão da personalidade. Não muda a cada seis meses.’ E pra isso seria muito interessante que as pessoas começassem a se conhecer mais, a se entender mais e entender porque gostam de determinadas coisas para se vestirem de acordo com o que são, e não de acordo com o que o mercado de moda querem que eles sejam. Think about it!

Escrito por Dani Argibay em 10 maio, 2011 | Tags:

mai 06

Na época em que Orkut existia (sim, porque o Face “quebrou” o Orkut né?) eu lembro que tinham duas comunidades que chamavam atenção pelo número de membros: Eu amo a minha mãe e Eu tenho a melhor mãe do mundo.
E eu super entendo o porque de todo mundo ter aderido essas comunidades. Amor de mãe é inexplicável mesmo! É único! E maio chegou! E todo ano é igual!

Eu fico doidinha pensando no presente da minha mãe (não gosto de repetir presente, acho sem graça). E é claro que esse ano não foi diferente!

Depois de bater perna atéééé, abrir e fechar o guarda-roupa da minha mãe milhões de vezes, analisar a sapateira dela por horas, tive a brilhante idéia de olhar no banheiro. E eis que percebi que todos os cremes para o “corpítcho” estavam meio que terminando… BINGO!

O presente estava decidido!

Quando cheguei na L’Occitane para comprar veio a questão nº 2. Qual a fragrância do creme?

Sim, porque não rola comprar uma fragrância de meu agrado, né?? Essa é uma diquinha que acho super válida. Toda vez que formos comprar um presente, temos que ter em mente o gosto do presenteado, caso contrário podemos incorrer no erro de comprar do nosso agrado e acabar errando na escolha. E o chato de se equivocar na opção do presente é que o presenteado fica super sem graça de trocar, né?

Minha mãe é super discreta. Gosta de fragrâncias e essências bem suaves, leves… (bem diferente de mim!)  

Enquanto decidia fui percebendo que as que eu gostava provavelmente não agradaríam minha mãe, afinal gosto de fragância/essência forte.

Acho que acertei na escolha:

Foto: Google Images

Então, lembrem sempre: o presente tem que agradar quem vai receber e não quem está comprando! hahahaha

Desejo a todas as mães, um Feliz Dia das Mães.

Beijos Lili

PS: vou ter que proibir minha mãe de ler o blog até domingo. Posso falar? Missão impossível. Minha mãe é mais “internética” do que eu! hahaha

Escrito por Lili de Deus em 6 maio, 2011 | Tags: ,

abr 29

O QUE ACHEI DO CASAMENTO REAL – por Dani

Lindo! Obviamente. Ao contrário do que vemos e pensamos no Brasil, muitas convidadas de tons pastéis quase brancos. Mas quando a noiva é uma (quase) princesa, não tem disputa por atenção, vamos combinar. Chapéus: acho chic! Principalmente por ser de dia, embora não fosse ao ar livre. Mas isso também é um hábito da cultura do país. Foi THE acessório do evento. E os comprimentos dos vestidos foram outro show à parte. Super apropriado ao horário, ao evento e à todo o contexto. Tudo tinha um porquê, desde as flores do buquê às raças dos cavalos reais.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

 

E a rainha de amarelo? Não encontraria cor mais apropriada, brilhante como o sol, o topo da pirâmide monárquica que representa, num contraste suave à sua pele. Faltou ostentação? Lembrem-se da recessão econômica. Muito bem pautado nos detalhes das vestes não só da rainha como, inclusive, da mãe e da irmã da noiva.

 

E o que mais fez nossos olhos brilharem: o vestido da noiva. Absurdamente lindo na simplicidade. Coerente à imagem da agora Princesa Catherine e ao tempo que ela representa. Ela é a protagonista de um conto de fadas da era hi-tec. Não poderia ser de outra grife senão Alexander McQueen. Embora o que chamou mais atenção foi o tomara que caia sobreposto por renda, o detalhe mais forte foi a cintura demarcada por uma ilusão de casaqueto sobre o quadril. Uma cauda suave, bem século XXI. Gostei muito da escolha dela assim como foi acertada a escolha da imortal Lady Di. Cada princesa em seu tempo, quando o super volume era a marca do momento em 1981. Mas essa é Kate. Acredito que ela apenas continuará, ao lado de William, o legado deixado por Diana. A princesa do povo.

Beeeeeeeejo! Dani

CASAMENTO O VEREDICTO… – por Giovana

Depois de muita espera e especulação, finalmente saiu o casamento de Kate e William

Amei o vestido discreto mas elegantérrimo de Kate….Feito por Sarah Burton, da Alexander McQueen, ele traz um glamour e elegância do passado, das divas…Muito parecido com o vestido de casamento de Grace Kelly, com rendas, mostrando romantismo e delicadeza e com um corset mais decotado, muito bacana, pois ficou mais contemporâneo, mais leve, mais fresco…. Pra finalizar uma cauda  discreta…E o mais importante pra resumir é que tem tudo a ver com o estilo da noiva!!!

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

 É o perfeito exemplo de que realmente menos é mais…O segredo está nos detalhes, valorizando a silhueta, bem feminina.

Gostei muito também da cintura marcada e saia evasê…(me lembra a silhueta do new look da Dior)

O cabelo estava interessante por fugir do tradicional….E mais uma vez enfatiza seu lado romântico pelos cachos soltos…(Tenho certeza que vai gerar muitas controvérsias!!!).A maquiagem, pra quem não sabe, foi feita pela própria Kate.Uma dica pra quem fica em dúvida na hora do casório, aposte no certo, aquilo que já fica bem em você, como a Kate fez!!!!

Os brincos delicados também combinaram e não ofuscaram a tiara Cartier de 1936 emprestada pela Rainha….

Os convidados, especialmente as convidadas, estavam em sua maioria com vestidos casacos dando uma certa simplicidade….Para dar a finalização aos looks, todas estavam com seus devidos chapéus obviamente uma tradição dos eventos da realeza britânica…

Pra finalizar, a Rainha Elizabeth II, precursora do color blocking (rsrsrs), surgiu com um modelo amarelo canário, que achei interessante e apropriado para a posição que exerce.

De qualquer forma, o casamento, além de ser um sopro de ar fresco para a imagem da monarquia britânica, retoma a era dos contos de fadas, afinal o romantismo nunca sai de moda.

beijinhos Giovana

PITACOS SOBRE O CASAMENTO REAL… – Por Lili

E, como hj, os donos do mundo são Kate e William, haha, não posso deixar de dar os meus pitacos do que achei do casório. Mas antes de começar a colocar meu dedo no casamento dos outros, a título de curiosidade apenas, vcs sabem como surgiram os primeiros reis? Então: Diz a lenda que desde que o homem desenvolveu a agricultura, os bandos relativamente igualitários de caçadores-coletores foram dando lugar a sociedades maiores e mais complexas, que, se não exigiam, ao menos ofereciam espaço para uma autoridade central. Nasciam assim os primeiros reais e, com eles as primeiras tiranias

Voltando ao casório, vamos aos meus pitacos:

O Vestido: Kate optou por um vestido clássico assinado por Sarah Burton, sucessora de Alexander Mc Queen. Achei o vestido lindo! O corpo com estrutura tomara que caia e mangas em renda deram um ar romântico a produção. O vestido marcava bem a cintura e a cauda minimalista vai bem de acordo ao estilo de Kate.

Pude perceber semelhanças com o vestido de Grace Kelly.

Foto: Google Images

 

O Buquê: Foi elaborado pelo florista responsável pela ornamentação arbórea da Abadia de Wesminster. Na linguagem florista, o que representa cada uma das flores incluídas no buquê?

“Sweet William” – representam o galanteio,

lírios do vale – simbolizam a volta da felicidade,

jacintos – indicam a constância no amor.

mirto – representam o casamento e o amor

Achei que o buquê seguiu o restante da produção: CLEAN! Gostei muito.

A Tiara: A tiara Cartier não era aquela coisa caricata de princesa, sabe? Era muito delicada. Adorei a escolha!

 

O Véu: Achei que mesmo dificultando um pouco a visão do rosto de Kate,  o uso era necessário por conta da tradição. Como a tiara era muito delicada, o caimento do véu foi perfeito.

 

O Cabelo: Foi a única coisa que não gostei! Achei que estava muito “lambido” na frente. Acredito também que este tipo de cerimônia pede a formalidade do cabelo todo preso. Mas, como andam dizendo, foi pedido do Príncipe William Kate estar de cabelo solto.

 

E vocês, o que gostaram ou mudariam na produção de Kate, ops! Agora Princesa Catherine?

Bjos, Lili

Escrito por Gi Menni em 29 abril, 2011 | Tags: , ,